| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

FRADEMA NEWS
Desde: 16/04/2004      Publicadas: 251      Atualização: 27/10/2005

Capa |  Consultoria  |  Curiosidades  |  Cursos e Seminários  |  Dia a dia  |  Humor  |  Internacional  |  Legislação  |  Notas  |  Serviços  |  Tributário


 Notas

  07/06/2005
  0 comentário(s)


Tributária vai a votação em agosto

O presidente da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti (PP-PE), afirmou ontem que em agosto colocará em votação a reforma tributária, havendo ou não entendimento sobre essa matéria entre governos estaduais e federal. Ele disse que os mais prejudicados nessa matéria são os municípios, e que por isso não vai esperar mais. "Quem tem a prerrogativa é o presidente da Câmara."

A declaração de Severino ocorreu após encontro com o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), sobre quem disse que a votação não aconteceu ainda porque o tucano mineiro havia pedido para esperar, para que houvesse entendimento entre Estados e União. "Ele [Aécio] foi o responsável pelo adiamento da votação da reforma tributária. Eu disse a ele hoje que não vou mais adiar", disse Severino, assinalando que já existe acordo com os líderes na Câmara para votar essa reforma. Questionado se o governador mineiro havia solicitado novo adiamento, ele disse que não. "Mas o governo federal pode querer, e nós não vamos aceitar." Aécio não se manifestou sobre o assunto. Sobre o encontro que teve pela manhã com o ministro da Fazenda, Antonio Palocci Filho, afirmou que foi buscar ajuda para os agricultores, que pediram a sua intervenção, de forma que o governo financie os produtores de algodão e cumpra a promessa de comprar o excesso de produção dos produtores de arroz. Severino disse que tratou desse assunto a pedido dos agricultores de São Paulo, no caso do algodão, e, no caso do arroz, para atender agricultores gaúchos. Segundo Severino, Palocci ficou
  Autor:   PAULO PEIXOTO da Agência Folha, em Belo Horizonte


  Mais notícias da seção Tributos no caderno Notas
27/10/2005 - Tributos - MULTA FISCAL PODE SER QUESTIONADA EM PRÉ EXECUTIVIDADE
O critério definidor das matérias que podem ser alegadas em objeção de pré-executividade é o fato de ser desnecessária a dilação probatória, e a possibilidade de conhecimento pelo juiz de ofício. ...
26/08/2005 - Tributos - Receita Federal vai sincronizar cadastros
A Receita Federal do Brasil (RFB) está oferecendo às secretarias de Fazenda dos estados e municípios a possibilidade da sincronização de cadastros, nesses três níveis de governo, a exemplo de experiência já feita pela secretaria com os estados de São Paulo e da Bahia....
21/07/2005 - Tributos - Fisco pode recusar certidão negativa a sócios únicos de nova empresa e devedores de outra
O Fisco pode, sim, recusar certidão negativa de débito aos únicos sócios de uma nova empresa que são integrantes de outro estabelecimento devedor do Fisco. A conclusão é da Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça, que negou provimento a recurso especial da Distribuidora Isagam Ltda., de Minas Gerais. ...
05/07/2005 - Tributos - COMO SUSTAR UM LEILÃO?
Para SUSTAR O LEILÃO, é necessário efetuar o pagamento de 50% do valor do débito apontado. Posteriormente, pede-se o parcelamento do débito em 24 ou 60 parcelas. Para pacrcelar não é necessário o pagametno de 50%, mas como o leilão só pode ser sustado com o pagamento de 50% do débito, e o parcelamento DEMORA...., o conveniente é sustar o leilão...
06/01/2005 - Tributos - Planalto já avalia recuar da nova tributação de empresas
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve rever as recentes medidas que aumentariam em até 30% a tributação de empresas prestadoras de serviço. Deverá, porém, aguardar até a semana que vem, quando o ministro Antonio Palocci Filho (Fazenda), retorna das férias, para tomar a decisão final....
06/01/2005 - Tributos -
O Governo Federal ao editar a Medida Provisória nº 232, no apagar das luzes de 2004, aumentou a base de cálculo do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) de 32% para 40%, - que corresponde alta de 25% -, para as prestadoras de serviços (exceto transportadoras e hospitais) optantes pelo Lucro Pr...
23/11/2004 - Tributos - TRF da 4ª Região cria primeiras varas tributárias do país
O Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região está criando as duas primeiras varas especializadas em direito tributário no país. A 7ª e a 8ª Varas Federais Cíveis de Porto Alegre passarão a ser a 2ª e a 1ª Varas Federais Tributárias. Curitiba e Florianópolis deverão receber, já no primeiro semestre de 2005, outras unidades especializadas em direit...



Capa |  Consultoria  |  Curiosidades  |  Cursos e Seminários  |  Dia a dia  |  Humor  |  Internacional  |  Legislação  |  Notas  |  Serviços  |  Tributário
Busca em

  
251 Notícias